segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Março e Abril

TEMPORADA DE CONCERTOS CLUB SETUBALENSE
29 de Abril de 2017 às 21h30 - Concerto Duo de Violoncelos - Emídio Coutinho e Samuel Santos, Violoncelos
Os violoncelistas Emídio Coutinho e Samuel Santos juntam-se em recital, no qual será explorada a formação de duo de violoncelos, apresentando um programa maioritariamente composto por repertório barroco.

8 Abril SÁBADO 21:30 Av. luisa Todi 99

8 de Abril de 2017 às 21h30 - QUARTETO QuatroSóis - Carla Santos, Violino I; Alexandra Bochmann, Violino II; Katia Santandreu, Viola; Filipa Gonçalves, Violoncelo; arranjos de Christopher Bochmann
O trabalho do quarteto QuatroSóis presta homenagem à essência da música tradicional dos países lusófonos com a influência da formação clássica europeia dos seus elementos. Cada música terá o sabor da mistura de culturas, que combina a riqueza da música africana e brasileira com uma perspectiva europeia. No repertório estará presente a música de Cabo Verde e do Brasil, pela qualidade universalmente reconhecida e pelo papel importante que estes dois países têm na vida das intérpretes. Os arranjos são inteiramente da autoria do compositor internacionalmente reconhecido Christopher Bochmann.
               
           





11 de Março de 2017 às 21h30 - Concerto Piano a 4 Mãos - 20 FINGERS - João Vasco e Eduardo Jordão, pianistas
20 Fingers é o nome do duo a 4 mãos constituído pelos pianistas João Vasco e Eduardo Jordão. Esta formação apresenta-se regularmente em palcos nacionais e internacionais. O ritmo, a dança, o humor e a saudade marcam o recital agora em digressão, "De Mozart a Amália", onde é feita uma viagem que parte da sonata clássica ao ragtime, do tango ao chorinho, e que acaba no fado imortalizado por Amália Rodrigues.
                
             



25 de Março de 2017 às 21h30 - Concerto Violoncelo e Guitarra - NOMAD DUO - Samuel Santos, Violoncelo; Tiago Alexandre, Guitarra
                O presente projecto nasceu tanto da amizade e cumplicidade dos dois músicos como da vontade de explorar o excelente potencial sonoro deste agrupamento. O repertório abrange desde a música erudita composta para Violoncelo e Guitarra ao longo da história até arranjos feitos pelo duo de temas de Jazz, Astor Piazzolla, Villa-Lobos, canções de Zeca Afonso, entre outros.
O Duo iniciou a sua atividade concertista no ano de 2015, tendo até ao momento grande aceitação tanto do público em geral como entre os seus pares.
               
             




           
7513Luís Guimarães e Gonçalo Simões
13 de Maio de 2017 às 21h30 - Recital de Violino e Piano - Luís Guimarães, Violino; Gonçalo Simões, Piano
Recital pelo violinista Luís Guimarães e pelo pianista Gonçalo Simões. Serão interpretadas obras de Franz Schubert e Johannes Brahms.

27 de Maio de 2017 às 21h30 - Recital de Violoncelo e Piano - Samuel Santos, Violoncelo; Gonçalo Simões, Piano
                Recital pelo violoncelista Samuel Santos com o pianista Gonçalo Simões, no qual serão apresentadas obras de compositores como Ludwig van Beethoven e Astor Piazzolla, entre outros.
                7527Samuel Santos e Gonçalo Simões

10 de Junho de 2017 às 21h30 - Recital Duo de Violinos - António Figueiredo e Pedro Meireles, Violinos
Duas das maiores referências violinísticas nacionais, António Figueiredo (Concertino da Orquestra Sinfonietta de Lisboa) e Pedro Meireles (Concertino da Orquestra Sinfónica Portuguesa), juntam-se para interpretar obras para duo de violinos.                 7610António Figueiredo e Pedro Meireles

24 de Junho de 2017 às 21h30 - Recital de Guitarra e Altgitarren - John Fletcher, Guitarra e Altgitarren
Recital de Guitarra e Altgitarren por John Fletcher. (Foto: Ernesto Esteves)7624JohnFletcherAltgitar_FotoErnestoEsteves

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Temporada 2017


Sábado, 14 de Janeiro de 2017, 21h30



1ª Parte

Casta Diva (Norma)                                                                                          V. Bellini

Temerari – Come Scoglio (Cosi Fan Tutte)                                                       W. A. Mozart

E pur cosi un giorno – Piangero la sorte mia (Giulio Cesare in Egitto)           G. F. Händel

Habanera (Carmen)                                                                                          G. Bizet

È strano… Sempre Libera (La Taviata)                                                          G. Verdi



2ª Parte

Klänge der Heimat (Die Fledermaus)                                                             J. Strauss

Un bel di vendremo (Madamma Butterfly)                                                     G. Puccini

Petenera (La Marchenera)                                                                               M. Torroba

Quando m'en vo (La Bohème)                                                                          G. Puccini

Vissi d'arte (Tosca)                                                                                         G. Puccini

Glitter and be gay (Candide)                                                                         L. Bernstein



Alexandra Bernardo, Soprano

Bernardo Marques, Piano

Alexandra Bernardo

            Alexandra Bernardo, soprano dramático-coloratura, iniciou os seus estudos com Carla Baptista Alves, tendo mais tarde concluido o curso de canto na EMNSC com a máxima classificação, sob orientação de Joana Levy. Em masterclasse trabalhou com Jill Feldman, Nico Castel, João Lourenço, Pierre Mak e João Paulo Santos.
                Tem-se apresentado frequentemente em ópera, concerto e recital em Portugal e Europa. Os seus papéis incluem Donna Anna (Don Giovanni, W. A. Mozart), Fiordiligi (Così Fan Tutte, W. A. Mozart), Vitellia (La Clemenza di Tito, W. A. Mozart), Dido e Second Woman (Dido & Aeneas, H. Cunegonde (Candide, L. Bernstein), Maria e Anita (West Side Story, L. Bernstein) e Mamma Morton (Chicago, Kander/Ebb/Fosse).
                Conquistou o 1º Prémio e o Prémio do Público no 8º Concurso de Canto Lírico da Fundação Rotária Portuguesa e o 2º Prémio e Prémio do Público do 15º Concurso de Interpretação do Estoril, entre outros. Foi finalista na primeira edição do Concurso Internacional de Arte Vocal Georges Enescu em Paris (França) e no Concurso Internacional de Canto Hariclea Darclée em Brăila (Roménia).
                Actualmente, especializa-se em Ópera e Lied com Elena Dumitrescu Nentwig, com quem prepara os papéis de Violetta (La Traviata, G. Verdi) e Lucia (Lucia di Lammermoor, G. Donizetti). É membro fundador da companhia Nova Ópera de Lisboa.

Bernardo Marques

                Natural de Lisboa, Bernardo Marques realizou os seus estudos musicais na Escola de Música Nossa Senhora do Cabo, tendo terminado o Curso de Piano em 2009 com a máxima classificação, na classe da professora Madalena Reis. Nesta escola, a sua formação passou ainda pelo canto, pela ópera, música antiga (cravo e baixo-contínuo) e música contemporânea. Em 2012, concluiu a licenciatura em Piano na Escola Superior de Música de Lisboa, onde trabalhou com Jorge Moyano.  Actualmente, prossegue os seus estudos de piano com Artur Pizarro e de música de câmara com Olga Prats.
                Conquistou o 1º Prémio do Nível Superior de Piano no 14º Concurso Internacional Cidade do Fundão e o Prémio de Melhor Pianista Acompanhador no 8º Concurso de Canto Lírico da Fundação Rotária Portuguesa, entre outros. Tem trabalhado frequentemente como pianista acompanhador e correpetidor, destacando-se participações no Festival Vocalizze, no Festival Coral de Verão, no Curso Internacional de Música Vocal de Aveiro (Curso de Ópera), bem como colaborações com a Fundação Gulbenkian (Coro, Orquestra, Concertos Participativos e ENOA).
                Paralelamente ao piano, estudou direcção coral e orquestral com os maestros Paulo Lourenço e Henrique Piloto, respectivamente. Tem trabalhado em masterclasse com diversos maestros, como Dr. Eugene Rogers, Dr. Brett Scott, Jean-Sébastien Béreau e Ernst Schelle, estudando actualmente com o maestro Jean-Marc Burfin. Em 2013, começou a especializar-se em ópera com Elena Dumitrescu-Nentwig. Sob a sua orientação, fundou a companhia Nova Ópera de Lisboa, juntamente com a soprano Alexandra Bernardo.
                Apresenta-se regularmente em público a solo, em formações diversas ou como maestro.